GPS Lifetime GPS Lifetime

Amigdalite: na função de proteger o corpo, as amígdalas inflamam

Amigdalite: na função de proteger o corpo, as amígdalas inflamam
photo Reprodução

Quando a dor de garganta persistir por mais de 24 horas e for acompanhada de dificuldade de deglutição, o ideal é que o paciente procure um médico

 

Responsáveis por auxiliar na proteção do corpo, as amígdalas são tecidos linfoides localizados na região anterior à garganta. Como ficam expostos a passagem de ar, comida e bebida, esses gânglios se tornam alvo de agentes bacterianos e virais. Na tentativa de combatê-los, o corpo aciona um processo inflamatório e o resultado é a amigdalite.

Em grande parte dos casos, a doença é provocada por vírus, porém bactérias e outras fontes desconhecidas também ocasionam a inflamação. Dependendo da duração, a amigdalite tem a classificação aguda (até três meses) ou crônica (mais de três de meses ou recorrente).

Na maioria das vezes, a doença atinge crianças e pré-adolescentes. Por estarem em período escolar e, consequentemente, maior proximidade com colegas e compartilhamento de itens de uso pessoal, a inflamação é mais comum nessas faixas etárias.

Sintomas

Além da dor de garganta – sintoma característico da amigdalite –, o paciente apresenta febre alta, tosse, calafrios, perda de apetite, dor de cabeça e ao engolir alimentos, mal estar e inchaço nos gânglios localizados no pescoço. Sem contar que as amígdalas ficam inchadas, avermelhadas e em alguns casos surgem placas brancas com pus.

Prevenção

Por ser uma doença contagiosa – ainda mais se for do tipo viral –, a amigdalite pode ser transmitida pelo contato com gotículas de saliva do indivíduo contaminado. Por isso, os médicos aconselham que os pacientes cubram a boca com lenço ou antebraço ao tossir, lavem as mãos antes de manusear objetos e não compartilhem itens de uso pessoal – pratos, talheres, copos e garrafas de água.

Diagnóstico

No caso da amigdalite, quando a dor de garganta persistir por mais de 24 horas e for acompanhada de outros sintomas como dificuldade de deglutição, o ideal é que o paciente procure um médico de preferência otorrinolaringologista.

Para diagnosticar a inflamação, o especialista observa a garganta do paciente, apalpar o pescoço e, caso seja necessário, solicita exames de sangue e um raspado do tecido das amígdalas para identificar o microrganismo causador da infecção.

Tratamento

Identificada a amigdalite – bacteriana ou viral –, o médico recomenda para ambos os tipos repouso, ingestão de líquidos naturais, consumo de alimentos ricos em vitamina C e não ter contato com substâncias tóxicas, por exemplo, fumaça de cigarro.

Nos casos de infecção por bactérias podem ser receitados antibióticos para que o agente causador seja eliminado com maior eficácia. Quando a inflamação é de origem viral, os medicamentos indicados são para controlar febre e dores. Vale ressaltar que, ao sinal de qualquer dor ou inflamação, a visita ao médico se faz necessária.

Fica a dica!

Intitulada amigdalectomia, a cirurgia para retirada das amígdalas é indicada para os indivíduos que por situações específicas. Por exemplo, reincidência da infecção várias vezes ao ano e pacientes que não respondem ao tratamento feito corretamente. O procedimento cirúrgico é realizado sob anestesia e dura entre 30 a 45 minutos.





Calendário MetaFísicos 2019 se inspira na estética dos anos 1980

Calendário MetaFísicos 2019 se inspira na estética dos anos 1980
collaborated Redação
photo Cortesia

Em primeira mão, o GPS|Lifetime revela alguns cliques do badalado calendário. O lançamento acontece neste sábado, 15, no B Hotel, e tem como mestre de cerimônia a diretora de conteúdo do portal, Paula Santana

 

Neon trend! A clínica MetaFísicos apresenta hoje, 15, a edição 2019 do seu badalado calendário. Com exclusividade, o GPS|Lifetime mostra alguns cliques da produção. Ao todo, 23 pacientes do nutricionista Clayton Camargo posaram de acordo com o tema 'Neon'.

A temática revive a estética dos anos 1980, resgatando o ritmo frenético da ginástica de academia, com muita acrobacia, comum àquela época. Entre os musos e as musas desta edição estão o arquiteto Clay Rodrigues e o manager Bruno Mello

Para realizar o projeto, 37 participaram de todo o processo. Além dos modelos, 14 profissionais de backstage, como produtor, fotógrafo, cinegrafista, apoio logístico, pessoal de cabelo e maquiagem estiveram envolvidos. 

O time de estrelas de cada edição é escolhido dentre aqueles pacientes que superaram o desafio de emagrecer ao adotarem um estilo de vida saudável, com alimentação e exercícios físicos. Com o anuário, o nutricionista espera que os modelos se tornem fonte de inspiração para quem busca qualidade de vida.

O lançamento acontece neste sábado, 15, no B Hotel e tem como mestre de cerimônia a diretora de conteúdo do GPS|Lifetime, Paula Santana.

 

 




Leia também: MetaFísicos no ar: Clayton Camargos e Sérgio Morum falam sobre famoso "bumbum na nuca"

Uma febre nacional, o famoso "bumbum na nuca" é tema do segundo episódio de Metafísicos no ar, série desenvolvida por Clayton Camargos e o cirurgião plástico Sérgio Morum, sócios da clínica Metafísicos, em parceria com o videomaker Pedro Lino. O programa trata de saúde, exercícios e bem-estar e, esta semana, se debruça sobre a paixão das brasileiras (e, por quê não, os brasileiros).