GPS Lifetime GPS Lifetime

Ciclo menstrual x atividade física: como ajustar o treino?

Ciclo menstrual x atividade física: como ajustar o treino?

Existem maneiras de ajustar o treino de acordo com seu período do ciclo menstrual


Se existe algo chato na vida da mulher, há nome e sobrenome: ciclo menstrual! Oscilações de hormônios, distúrbios de sono, fluxo menstrual e alterações de humor são algumas das consequências desse processo natural do organismo.

Se, na rotina diária, já existe interferência e influência nas atividades normais, imagine o impacto que gera nas atividades físicas. Mas eis uma boa notícia: existem maneiras de ajustar o treino de acordo com seu período do ciclo menstrual.



Fase folicular

Durante o período de menstruação, cerca de 5 dias, a disposição da mulher está baixa. É o momento em  que organismo começa a produzir estrogênio (hormônio que regula as características femininas). Além disso, o sangramento e as cólicas favorecem a falta de ânimo e motivação para os treinos. Seria um momento propício para atividades de baixa intensidade, regenerativos e exercícios de relaxamento.

Já nos seis dias após o término do fluxo, os níveis de estrógeno atinge valores altos.  E aí que começa a liberação de noradrelina, responsável pelo aumento da motivação e desempenho físico. Essa é a hora ideal para aumentar a intensidade dos treinos! Aposte em combinações de exercícios mais pesados e exija mais do seu desempenho.
 




Fase ovulatória

É o famoso período fértil. Nessa etapa, existe uma inversão de hormônios. Diminui-se o estrogênio, e aumenta-se a progesterona. Pode-se perceber uma ligeira redução de desempenho. No entanto, nada que justifique uma redução de intensidade. Pode manter a disposição dos treinos!


Fase luteinica

A tão temida TPM. Nesse período, existe uma queda nas produções hormonais e começa o fluxo. Sintomas como variações de humor, desânimo, cólicas e pouca força podem aparecer de maneira bastante intensa.

Todos os fatores podem até sugerir uma interrupção nas idas à academia, ao cross treining, às pistas de corrida… Entretanto, manter a rotina pode ajudar a amenizar esses sintomas. Vale reduzir a intensidade e aproveitar as dicas que já listei no início da fase folicular, ou escolher atividades mais tranquilas como meditação, Ioga, alongamentos ou até treinos regenerativos.

Caso você se identifique com as características de cada fase, ajuste seus treinos com os conselhos que compartilhei acima.  E se não passa por isso... Sorte a sua, e vida normal!

Vale ressaltar: ciclo menstrual não é doença! Por isso, não deve ser tratado com um “monstro de sete cabeças”.


Calendário MetaFísicos 2019 se inspira na estética dos anos 1980

Calendário MetaFísicos 2019 se inspira na estética dos anos 1980
collaborated Redação
photo Cortesia

Em primeira mão, o GPS|Lifetime revela alguns cliques do badalado calendário. O lançamento acontece neste sábado, 15, no B Hotel, e tem como mestre de cerimônia a diretora de conteúdo do portal, Paula Santana

 

Neon trend! A clínica MetaFísicos apresenta hoje, 15, a edição 2019 do seu badalado calendário. Com exclusividade, o GPS|Lifetime mostra alguns cliques da produção. Ao todo, 23 pacientes do nutricionista Clayton Camargo posaram de acordo com o tema 'Neon'.

A temática revive a estética dos anos 1980, resgatando o ritmo frenético da ginástica de academia, com muita acrobacia, comum àquela época. Entre os musos e as musas desta edição estão o arquiteto Clay Rodrigues e o manager Bruno Mello

Para realizar o projeto, 37 participaram de todo o processo. Além dos modelos, 14 profissionais de backstage, como produtor, fotógrafo, cinegrafista, apoio logístico, pessoal de cabelo e maquiagem estiveram envolvidos. 

O time de estrelas de cada edição é escolhido dentre aqueles pacientes que superaram o desafio de emagrecer ao adotarem um estilo de vida saudável, com alimentação e exercícios físicos. Com o anuário, o nutricionista espera que os modelos se tornem fonte de inspiração para quem busca qualidade de vida.

O lançamento acontece neste sábado, 15, no B Hotel e tem como mestre de cerimônia a diretora de conteúdo do GPS|Lifetime, Paula Santana.

 

 




Leia também: MetaFísicos no ar: Clayton Camargos e Sérgio Morum falam sobre famoso "bumbum na nuca"

Uma febre nacional, o famoso "bumbum na nuca" é tema do segundo episódio de Metafísicos no ar, série desenvolvida por Clayton Camargos e o cirurgião plástico Sérgio Morum, sócios da clínica Metafísicos, em parceria com o videomaker Pedro Lino. O programa trata de saúde, exercícios e bem-estar e, esta semana, se debruça sobre a paixão das brasileiras (e, por quê não, os brasileiros).