GPS Lifetime GPS Lifetime

Todos os homens do presidente - e uma crise

Todos os homens do presidente - e uma crise

 

 

Tem algo errado com o chamado "núcleo duro" do presidente eleito, Jair Bolsonaro. 

Em vez de se manterem unidos para blindar o chefe, estão se dividindo e deixando o 'homem' exposto.

Só esta semana foram diversos os episódios:

- Em Belo Horizonte, o  General Mourão expôs ainda mais a ferida do futuro chefe da Casa Civil, Ônix Lorenzoni, como se fossem opositores;

- Carlos Bolsonaro, o filho boquirroto, bateu boca nas redes sociais com o deputado eleito do PSL Julian Lemos, braço forte do grupo no Nordeste, como se não estivessem no mesmo barco - e o deputado eleito respondeu ao 'filho do homem' como se não tivesse nada a perder!

- Não bastasse um dos filhos criar polêmica dentro do time, o irmão que já tinha viralizado em vídeo sobre o STF durante a campanha, Eduardo, ressurge em um barraco virtual pelo Twitter com a deputada eleita Joice Hasselmann, ambos do PSL, acusando-a de “atropelar qualquer um que esteja à frente de seus objetivos.”

E a deputada eleita também não deixou por menos: retrucou dizendo que Eduardo deveria “crescer” e parar de mandar “recadinhos infantis” via Twitter. 




Para piorar o que já estava ruim, uma jornalista teve acesso ao conteúdo de uma transmissão do deputado Eduardo no grupo “Bancada PSL 2019”, e publicou no site ‘globo.com’, a revelação dos bastidores de uma estratégia do partido de seu pai contra a candidatura de reeleição de Rodrigo Maia à presidência da Câmara! Tudo que o futuro presidente nao queria e nem precisava: se desgastar com o atual chefe do Parlamento antes mesmo de assumir!

Uma verdadeira lavanderia de roupa suja em praça pública! Os néofitos estão ansiosos.

Golbery do Couto e Silva, homem mais forte do Governo Geisel, explicava por que não gostava de aparecer e nem de dar entrevistas: ‘passarinho que voa, leva baleada’. 

Fica a dica!


Rede Pão de Açúcar inaugura loja e site dedicados ao vinho

Rede Pão de Açúcar inaugura loja e site dedicados ao vinho
photo Reprodução

Os apreciadores de vinho já podem contar com um novo local para adquirir rótulos e acessórios, selecionados. O Pão de Açúcar entrou na onda do e-commerce e lançou uma plataforma totalmente especializada em vinhos, é o Pão de Açúcar Adega. A marca lançou ainda um aplicativo e uma loja física, mas apenas na cidade de São Paulo.

No e-commerce ou na loja, será possível encontrar uma variedade única de vinhos (1,9 mil rótulos no site e 1,4 mil na loja física), de 16 países, com preços que variam entre R$ 40 e R$ 8 mil, seja para o dia-a-dia ou para ocasiões especiais. Destaque para rótulos como Cloudy Bay, Sassicaia, Pera Manca, Nuits Saint Georges e Chablis Louis Jador, que não são encontrados nos supermercados.
 

A plataforma contará também com uma seleção de acessórios, como abridores, decanters e taças – uma das apostas são os conjuntos Riedel, marca de renome internacional e ideal para vinhos de alta qualidade. Tudo passado pelo crivo do consultor de vinhos da rede, o enófilo Carlos Cabral, uma das maiores autoridades do assunto no país. Além disso, terá alguns dos melhores rótulos de destilados, como uísques, vodcas, gins e tequilas, selecionados de acordo com tendências de consumo.

 

Para quem mora em São Paulo e passar pela loja física encontrará quatro atendentes para orientar nas compras e fornecer dicas sobre os produtos. Todos trabalhavam anteriormente em lojas Pão de Açúcar e foram formados por Cabral. O espaço foi preparado para ser convidativo e agradável, desmitificando que “comprar vinho é complicado”. Um painel mostra as uvas típicas de cada país e os respectivos vinhos; a disposição das gôndolas foi pensada para facilitar o encontro do rótulo desejado. No fundo da loja, um espaço agradável servirá de ponto de encontro para aulas, cursos, degustações, além de eventos especiais.

 

O bom disso tudo é que o Pão de Açúcar Adega entregará em todo o Brasil, inclusive locais em que não há loja física da rede. 

Para assinar, basta acessar o site www.paodeacucar.com/adega.