GPS Lifetime GPS Lifetime

Farpa: Brasília ganha nova label com atitude questionadora

Farpa: Brasília ganha nova label com atitude questionadora
collaborated Sabrina Pessoa
photo Max Rocha

Foco da marca Farpa é uma produção conceitual, comprovando que Brasília abriga labels que casam moda e cultura

 

Subverter. Essa é a palavra de ordem para Pedro Hermano, designer e criador da marca Farpa. Recém-formado em Moda pelo IESB, o jovem tem ganhado espaço no disputado mercado ao desconstruir trends que aparecem nas passarelas globais, injetando nelas discussões de caráter social e de gênero.

Nas mãos de Pedro, a moda ganha relevância além do produto ou da beleza. É mais que vestir, é mais que "causar". O intuito é trazer discussões relevantes enquanto sociedade. Embora as peças apresentem construções ricas e uso inovador das técnicas de alfaiataria, os objetivos vão além: atingir a ferida e incomodar - como se, de fato, fosse uma farpa.

A coleção de lançamento manteve-se fiel a esses propósitos. Chama-se Ditadura Gay: Close e Protesto. A inspiração veio como uma resposta a parcela da sociedade que intitula a luta da comunidade LGBTT por direitos civis como uma tentativa "ditadura gay". Ao desenvolver a história e o imaginário de como seria uma literal tomada de poder e dominação social pela comunidade gay, o designer acentua os absurdos desse discurso.

Causa estranheza a visão dos personagens de Pedro usando roupas de inspiração fetichista, pálidos e delicados, em posições de poder adquiridas pela força. É com essas imagens que o designer mostra que os grupos LGBTT buscam a igualdade e o respeito de seus direitos, não a caricata tomada de poder cultural ou social.

Futurista, a campanha da coleção inverno 2024 carrega assinatura poderosa da produtora de moda Committee. O editorial Violent Delights destaca algumas peças em que o vinil, tecidos brilhosos, transparências e padronagem xadrez - materiais e texturas que serão highlights nessa temporada - entram em evidência. Confira os cliques, com clara referência no movimento punk.

 

Violent delights

FARPA|GPS Lifetime

Produzido pela Committee Agency

 

 

Créditos 

 

  • Direção de arte e fotografia: Max Rocha
  • Design de moda: Pedro Hermano / Farpa
  • Modelos: Amanda Dávina e João Prates
  • Produção: Sabrina Pessoa
  • Styling: Victor Galeno
  • Assistente de styling: Sabrina Pessoa
  • Beleza: Clarissa Frota
  • Design Gráfico: Igor Borgers
  • Assistentes de Produção/Fotografia: Lucas Silva, Igor Borges e Pedro Hermano
  • Edição de vídeo: Max Rocha
  • SFX Templates: Amitai Angor AA VFX (On YouTube)
  • Música: SV_CHEATS By Lorn
  • Agradecimento especial: Éder Wagner

Louis Vuitton pousa em Nova York para desfile da coleção 'Resort'

Louis Vuitton pousa em Nova York para desfile da coleção 'Resort'
photo Reprodução

Em outras ocasiões na Big Apple, a label francesa já realizou eventos na antiga bolsa de valores, a South Street Seaport, e em uma loja pop-up no Meatpacking District

 

Depois de viajar pelo mundo, de Kyoto ao Rio de Janeiro, a Louis Vuitton desembarca seu show em Nova York. A data escolhida para o grande desfile é 8 de maio de 2019. O motivo?! Dois dias após o Met Gala - festa anual de gala em benefício do Instituto de Figurinos do Metropolitan Museum Of Art - e véspera do aniversário do diretor-criativo da etiqueta, Nicolas Ghesquière.

O designer anunciou a boa nova em sua conta no Instagram com uma montagem, em vídeo, de locais onde houve a apresentação da linha Resort. A notícia ainda não foi confirmada oficialmente pela Louis Vuitton. Mas, a julgar por desfiles passados, a coleção deve ser apresentada em alguma obra arquitetônica icônica da Big Apple.

Desfile da LV no Museu de Arte Contemporânea de Niterói, em 2016

Vale lembrar que a primeira collection Cruise da LV sob o comando de Ghesquière teve como cenário a casa projetada por John Lautner em Palm Springs, na Califórnia, espaço que pertenceu a Bob Hope. Em seguida, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói, no Rio de Janeiro, deu vez às criações do estilista. O show também passou pelo Museu Miho de Kyoto, na China. Já em maio deste ano, o spot escolhido foi a Fondation Maeght, no sul da França.

Em outras ocasiões em Nova York, a label francesa já realizou eventos na antiga bolsa de valores, a South Street Seaport, e em uma loja pop-up no Meatpacking District. Ao que tudo indica, a maison deverá optar por um novo local com design esplêndido. O Guggenheim, projetado por Frank Gehry, é uma opção óbvia, assim como a torre MoMA, projetada por Jean Nouvel, a qual deverá ser inaugurada em 2019. Qual a sua aposta?!

 

*Colaborou Marina Ferreira