GPS Lifetime GPS Lifetime

Temperos do Quintal é o tema do 17º Brasília Restaurante Week

Temperos do Quintal é o tema do 17º Brasília Restaurante Week
collaborated Redação

17ª Brasília Restaurant Week começa na próxima semana com tema "temperos do quintal"

Os amantes da boa gastronomia já podem vibrar: a 17ª Brasília Restaurant Week vem aí! O evento movimentará os restaurantes da Capital a partir de 28 de julho e segue até 20 de agosto com o tema Temperos do Quintal. Nesta edição, os chefs de mais de 70 restaurantes da cidadede verão valorizar os ingredientes produzidos na região, por vezes, advindos da produção familiar.

Nesta edição, as cozinhas terão liberdade para criar pratos com produtos culturalmente conhecidos pelo nosso paladar, com insumos que são a cara da agricultura do País. Considerando toda a cadeia responsável por fornecer matéria-prima para as criações autorais de cada chef, o toque dos produtores pode ser o responsável pelo diferencial de cada prato. Ervas, especiarias e sementes estão entre os insumos que ressaltam o sabor único dos preparos.


Tartar de salmão, ovas de Massagô, ovo de codorna curado e Yasabi (Mercadito)

O festival, que completa 10 anos em 2017, sempre teve como premissa a boa gastronomia a um preço justo e acessível, para que o consumidor pudesse descobrir novos sabores nas capitais em que o evento é sediado. Para tanto, os Menus Restaurant Week - entrada + prato principal + sobremesa - são servidos a um preço fixo: o almoço custa R$43,90 + R$1 e o jantar R$54,90 + R$1.

O Menu Restaurant Week + (plus) vem ganhando força ao longo das edições. Nesta opção, em que os chefs ganham maior liberdade para criar refeições com ingredientes raros, o almoço sai por R$ 55 + R$ 1 e o jantar a R$ 68 + R$ 1.

Serviço
17ª edição da Brasília Restaurant Week
Quando: De 28 de julho a 20 de agosto
Valores: Almoço: R$ 43,90/ menu Plus R$ 55
Jantar: R$ 54,90/ menu Plus R$ 68
www.restaurantweek.com.br


Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo

Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo
photo Reprodução

Às vezes, a nomenclatura das labels mais queridinhas do mundo da moda é um tanto complicada de falar

 

Algumas grifes são assunto garantido no papo entre amigas, porém nem sempre da forma correta. Os nomes de origem francesa, inglesa ou italiana ganharam versões abrasileiradas devido o nível de complicação da pronúncia.

Não gosta de se enrolar na hora de falar o nome da grife? Seus problemas acabaram! Abaixo confira como pronunciar certinho a nomenclatura das etiquetas mais hypadas do universo fashion

 

Alexander Wang – Alecsander Uéng

Balenciaga – Balenssiaga

Balmain – Balmá

Bottega Veneta – Botêga Vêneta

Bvlgari – Búlgari

Celine – Cêlín

Christian Louboutin – Cristian Lubutã

Comme des Garçons – Com Dê Gásson

Dolce & Gabbana – Doltchey end Gabana

Givenchy – Givonchí

Gucci – Gúti

Hermès – Erméz

Jacquemus – Jaquemus

Jean Paul Gaultier – Jon Pol Gotiê

Lanvin – Lanvã

Louis Vuitton – Lui Viton

Marchesa – Marquêsa

Moschino – Mosquino

Ralph Lauren – Ralf Loren

Tommy Hilfiger – Tomi Rilfiguer

Versace – Versatchê

Vetements – Vetmon

Yves Saint Laurent – Ivi Sã Lorrã