GPS Lifetime GPS Lifetime

Same same, but different: conheça o novo restaurante tailandês

Same same, but different: conheça o novo restaurante tailandês
collaborated Giulia Roriz
photo Reprodução

Localizado na Asa Norte, o novo local, que inaugura em fevereiro, traz no menu a diversidade gastronômica da Tailândia

 

O ano de 2019 já está batendo à porta e traz novidades consigo. A nova empreitada dos sócios Raquel Siqueira e Magdiel Pereira é um restaurante que possui uma gastronomia rica em cultura e diversidade: a tailandesa.

Batizado de Same Same, but different, expressão muito usada no Sudeste Asiático, o local promete trazer à cidade o que há de melhor do cardápio da Tailândia. Com inauguração marcada para fevereiro, a ideia de abrir o novo negócio veio após uma viagem familiar ao país.

Repleta de vegetais, frutos do mar e condimentos únicos, a gastronomia é um dos grandes atrativos da cultura asiática, seja para quem visita o país ou para quem gosta de comer bem em qualquer lugar do mundo.

Com pratos assinados pelo chef Yuji Honda, um japonês radicado na Tailândia, a casa possui dois carros chefes: o pad thai, típico talharim de arroz tailandês, acrescido de molho de tamarindo, açúcar de palma e molho de peixe, e o bahm mi, tipo de sanduíche que consiste em uma baguette vietnamita de uso único, também chamada de bánh mì, que é dividida longitudinalmente e preenchida com vários ingredientes salgados.

A proposta pretende encher o paladar do cliente com vários sabores em um único prato. Além do menu rico, o comensal também pode degustar uma cerveja especial tailandesa, que traz um sabor único e muito diferente da brasileira.

Com o crescente gosto pela cultura oriental, os sócios estão animados para a abertura do local, que será na quadra 711 da Asa Norte, com entrada pela W3. Com um projeto moderno e industrial assinado por Raquel Siqueira, o Same same promete abalar as estruturas gastronômicas. Estamos ansiosos pela abertura!





Morre, aos 113 anos, o homem mais velho do mundo

Morre, aos 113 anos, o homem mais velho do mundo
collaborated Gustavo Azevedo
photo Reprodução

O centenário faleceu de causas naturais enquanto dormia

 

Morreu neste domingo, 20, o homem o mais velho do mundo, segundo o livro Guinness dos Recordes. A informação foi confirmada pela imprensa japonesa. Masazo Nonaka tinha 113 anos e faleceu enquanto dormia em sua casa, no norte do Japão, de causas naturais.

Nonaka nasceu em 25 de julho de 1905. A mulher e três dos filhos do centenário já haviam morrido.

O Guinness reconheceu Nonaka como o homem mais velho do globo no ano passado, após a morte do espanhol Francisco Núñez Olivera.