GPS Lifetime GPS Lifetime

Sudoeste ganha boutique de massas frescas: conheça Ravioli & Cia

Sudoeste ganha boutique de massas frescas: conheça Ravioli & Cia
photo Gui Teixeira

Tudo fatto con amore! Ravioli & Cia desenvolve produtos artesanais elaborados diariamente e prontos para serem levados para casa


Prático e bem saboroso. Dias desses, recebi em minha casa um kit com duas caixas de ravioli (500g) e dois molhos caseiros. Assim que chegou, não hesitei em prepará-los. Simples,  rápido, bem-feito, e com massa fresca artesanal...

E, aí, vai o veredito: compraria em inúmeras oportunidades - desde um almoço em família a um jantar romântico, ou uma simples refeição sozinha acompanhada de um bom vinho. O molho de tomate é simplesmente delicioso! 

Essa proposta de negócio, ainda não tão explorada em Brasília, foi idealizada pela dupla de empresárias Diana Paes e Indianara Weisheimer.


As massas e os molhos são vendidos porcionados
 

Aberto recentemente na quadra 302 do Sudoeste, o Pastifício Ravioli & Cia conta com um time de 15 pessoas atuando nas áreas de produção, administrativo e loja. A última, por sinal,  tem seu charme à parte. Você precisa fazer uma visitinha! Indianara é advogada e empreendedora. Daiana, com formação em Relações Internacionais, tem mais de dez anos de atuação como gestora comercial.

Amigas, observaram a carência do mercado de alimentos que conjugasse praticidade, sabor, qualidade e preço honesto. Não demorou até se unirem para trazer à capital federal esse modelo de negócio. 

O primeiro passo? Contrataram um chef italiano, que desenvolveu e assina o cardápio. Entre os atributos, Orlando Giordan, o nome escolhido,  é membro Federazione Italiana Cuocchi (FIC).

Para chegar ao resultado final, o chef e as duas empresárias trabalharam durante um ano e meio no projeto.




"O conceito da marca é uma casa especializada em massa fresca, sem congelamento, com validade de até 30 dias a partir da fabricação. Queremos oferecer ao público também o conceito de mesa posta, ou seja, um mix com tudo o que o cliente precisa para uma refeição prática e completa, não só para ocasiões especiais, mas também para o dia a dia", explica Indianara.

Para isso, foram desenvolvidos 52 tipos de produtos. Entre eles, massas lisas, recheadas, conservas, molhos, sobremesas e bebidas - e tudo harmonizado.

"As escolhas iniciam pelos recheios e as nossas vendedoras sugerem as combinações de molhos e complementos para ficar tudo perfeito e saboroso. Temos produtos sem lactose e sem glúten. Inclusive, acabamos de lançar a massa bambini, que é recheada de carne e sem lactose, para também atender às crianças com intolerância", completa.

As massas também podem ser servidas com as manteigas de ervas finas, de sálvia e de amêndoas com Licor 43. 

Os carros-chefe são massas recheadas, como o ravióli de queijo meia-cura com raspas de limão siciliano, mezzaluna de camarão levemente defumado, e mezzaluna de menta com cordeiro ao chardonnay, gnocchi de banana da terra, parmegiana de angus (sem frituras) e a linha bambini (massa em formato de peixinho recheada com queijo, saborizada com legumes e vendida em embalagem que forma uma máscara). "A criança come o que gosta, de forma saudável e ainda se diverte", afirma a empresária.
 

A produção

Todos os produtos são feitos à mão. Além disso, contam com farinha 100% italiana, grano duro, de modo artesanal, embalada e enviada à loja já finalizada, apenas para ser entregue ao cliente. "A produção é feita na nossa central localizada no Setor de Indústrias. Ela é criteriosamente acompanhada por um nutricionista responsável técnico da empresa, engenheiro de alimentos, e  a equipe é treinada e certificada com recomendações técnicas de boas práticas de alimentos", finaliza. Tudo fatto con amore.

Serviço 

Ravioli & Cia

(Qd. 302, Bl. B, lj. 24, Sudoeste; 3344-0708 e 98595-3354), aberto de segunda a sexta, das 10 às 21h; sábado, das  9h às 20h; e domingos e feriados, das  9h às 15h. 
Instagram: @ravioliecia
Ravioliecia.com.br


Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo

Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo
photo Reprodução

Às vezes, a nomenclatura das labels mais queridinhas do mundo da moda é um tanto complicada de falar

 

Algumas grifes são assunto garantido no papo entre amigas, porém nem sempre da forma correta. Os nomes de origem francesa, inglesa ou italiana ganharam versões abrasileiradas devido o nível de complicação da pronúncia.

Não gosta de se enrolar na hora de falar o nome da grife? Seus problemas acabaram! Abaixo confira como pronunciar certinho a nomenclatura das etiquetas mais hypadas do universo fashion

 

Alexander Wang – Alecsander Uéng

Balenciaga – Balenssiaga

Balmain – Balmá

Bottega Veneta – Botêga Vêneta

Bvlgari – Búlgari

Celine – Cêlín

Christian Louboutin – Cristian Lubutã

Comme des Garçons – Com Dê Gásson

Dolce & Gabbana – Doltchey end Gabana

Givenchy – Givonchí

Gucci – Gúti

Hermès – Erméz

Jacquemus – Jaquemus

Jean Paul Gaultier – Jon Pol Gotiê

Lanvin – Lanvã

Louis Vuitton – Lui Viton

Marchesa – Marquêsa

Moschino – Mosquino

Ralph Lauren – Ralf Loren

Tommy Hilfiger – Tomi Rilfiguer

Versace – Versatchê

Vetements – Vetmon

Yves Saint Laurent – Ivi Sã Lorrã