GPS Lifetime GPS Lifetime

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília
collaborated Gustavo Azevedo
photo Bruno Cavalcanti

Empresários, diplomatas, investidores e autoridades do mundo business foram recepcionados com coquetel no Espaço da Corte

Mesmo que ainda sinta os efeitos da crise econômica, o Brasil tem um grande potencial de crescimento. Esse é um dos motivos para que os olhos dos investidores externos se voltem ao país.

Visando afinar e impulsionar os interesses específicos de interessados em novos negócios, foi dado início ao My Country is Open for Business, idealizado pela presidente da Energia Eventos & Business, Lucilde Pires.

Considerado uma das maiores do universo dos investidores, o projeto foi lançado nesta quarta-feira, 12, no Espaço da Corte. Na ocasião, diplomatas, empresários e organizações internacionais foram homenageados.

O pontapé para o My Country is Open for Business reuniu ainda embaixadores e autoridades públicas tanto nacionais quanto internacionais, além investidores e executivos renomados. O intuito é estreitar laços para negócios futuros.

Os convidados foram recebidos com coquetel de boas-vindas. Logo em seguida, um jantar preparado pelo Espaço da Corte deu sabor ao encontro. A noite foi embalada pela IPA Brasil Orquestra JK.

Aos cliques!

 

Galeria de fotos
'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Lucilde Pires

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Lucilde Pires e Wagner Barbosa

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Li Wang, Marco Antonio e Adriane Attie

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

João Paulo Todde, Erenice Guerra e Milson Henriques

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Jair Rocha e Jane Godoy

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Luiz Afonso Medeiros

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Joseph e Sana Sayah

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

João Erve e Makela Motondo

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Hewerton Scheidegger, Joseph Maluta e Hugo Luigi

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Camila Benez e Erenice Guerra

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Giogi Sirbiladze, Yuliia Ni, Lucia e Hendrik Langer

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Delegado MAo e Ailton Bassini

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Carlos Henrique e Katiuscia Sotomayor

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Carlos Barbosa e Lucas Pires

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Carlo Jacobucci e Tania Costa

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Wilfrido Marques e Nataly Rocholl

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Vania Cardoso e Dormelho Vargas

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Nilton Garcia e Fausto Freire

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Milson Henriques, Rosa Carvalho e Gabriel Bueno

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Aluísio Ferreira e Debora Carvalho

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Joao Paulo e Renata Todde

'My Country is Open for Business' é apresentado em Brasília

Marco La Porta e José Amagonado


Kakay celebra casamento em Arraial d'Ajuda

Kakay celebra casamento em Arraial d'Ajuda
photo Cortesia

Durante os votos de felicidades aos noivos, célebre jurista homenageou a mulher, Valéria

 

A pedido dos pombinhos, o renomado advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, celebrou a união de Bibi Moura e Frederico Vilaça nesse sábado 22, em Arraial d'Ajuda, Bahia. De clima bucólico, a cerimônia contou com a presença de 300 convidados, e foi de emocionar. 

Para tornar o momento especial, Kakay imprimiu, para cada invitado, três poesias, incluindo Eros e Psique, de Fernando Pessoa. Logo no início do discurso, o jurista pediu para que todos o acompanhassem na leitura dos versos. 

Após o coro, o orador discorreu sobre o amor, a solidariedade, a paixão e a importância da individualidade em um relacionamento a dois. Também prestou homenagem a mulher, Valéria, desejando aos recém-casados a mesma felicidade que vivencia ao lado da amada. 

Abaixo, confira o discurso na íntegra. 

"É muito difícil falar sobre o amor para pessoas tão jovens. Mas eu vejo na Bibi e no Frederico um amor maduro, se é possível falar em maturidade na idade deles. Mas o amor, queridos, não tem que ter a densidade da maturidade, basta-lhe a densidade dele em si. E não estou a dizer do amor pelos pais ou, meu Deus, pelos filhos, falo do amor carnal, do desejo, da paixão, da angústia da falta, da ansiedade do toque, do cheiro... deste amor que mantém a humanidade, que reproduz, que fragiliza mas eterniza. Conheci, Bibi e Frederico, este amor maduro na Valéria e, se eu puder desejar algo a vocês dois, desejo que sejam felizes como eu sou com ela, todos os dias da minha vida. Tesão, respeito, solidariedade, paixão fazem a hipótese da vida a dois. A melhor maneira de ter uma vida de casal, talvez a única, é ser inteiro e ter uma vida própia. Nunca abrir mão dos sonhos, dos delírios e não achar que tudo tem que ser vivido a dois. A solidão faz bem. É um direito nosso. Mas, se eu não tivesse encontrado a Valéria, meus momentos de solidão seriam pesados e não intensos e felizes como são. Quero para vocês a alegria que eu tenho de compartilhar o mundo com esta mulher, de aprender todos os dias com ela. E, quando os Ericos chegarem, nesta materialização do amor indizível, quero que vocês continuem a ser um casal apaixonado, dedicado, entregues ao amor a dois. Ser feliz é uma conquista diária, as vezes árdua, mas vale a pena. E nós temos, sobre nossas vidas, o manto celeste que nos abriga e protege. É uma alegria compartilhar este momento com vocês". 

Valéria e Kakay, eternos enamorados