GPS Lifetime GPS Lifetime

Mitologia grega é tema do novo Low Club Festival

Mitologia grega é tema do novo Low Club Festival
collaborated Redação
photo Luara Baggi

A festa, com 20h de duração, acontece no dia 26, a partir das 14h

 

Após o sucesso da temática Las Vegas, em setembro de 2018, é a vez da Grécia e a mitologia brilharem em uma festa com mais de 20h de duração para os amantes de música eletrônica do quadradinho. O Low Club Festival acontecerá no próximo dia 26, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

O DJ francês Shiba San e os israelenses Modus e Captain Hook se apresentam no evento, unidos a mais de 30 artistas em uma festa  que promete ser inesquecível.

O line up também conta com Gustavo Bravetti (Uruguai); Devochka; Bruno Furlan; Volkoder; Rocksted; Capital Monkey; Fabricio Peçanha; Fell Reis; Daft Hill; Drop Dealer; Alex Stein; Raul Mendes; Laurow; Arnaldo Amaral; Lazy Bear; e muito mais.

Serão dois palcos inspirados em monumentos da Grécia Antiga, um de house e outro de trance. A cenografia é assinada pela Spectrohm Arts e a Arteficial e será produzida com utilização de materiais orgânicos, como MDF e tinta spray, deixando os traços mais realistas. Segundo a assessoria de imprensa, a primeira empresa é responsável pela arquitetura de grandes festivais, como Trancendance; enquanto a segunda tem no currículo Universo Paralello. 

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site e aplicativo oficiais da Low Club e em todas as unidades das Óticas Diniz no Distrito Federal. Os valores variam de R$ 60 (front stage) a R$ 719 (Combo Zeus).

O evento terá a Purple como vodka oficial, além de parcerias com o whisky Chivas, o MUV Suco Gourmet – bebida coreana com pedaços de frutas – e o energético Red Bull. A empresa Koal também apoia a festa.

 

Serviço

 

O que? Low Club Festival – Mitologia Grega

Onde? Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Quando? Dia 26, das 14h às 10h

Quanto? A partir de R$ 60

Ingressos à venda neste link, no aplicativo da Low Club e nas Óticas Diniz





Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo

Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo
photo Reprodução

Às vezes, a nomenclatura das labels mais queridinhas do mundo da moda é um tanto complicada de falar

 

Algumas grifes são assunto garantido no papo entre amigas, porém nem sempre da forma correta. Os nomes de origem francesa, inglesa ou italiana ganharam versões abrasileiradas devido o nível de complicação da pronúncia.

Não gosta de se enrolar na hora de falar o nome da grife? Seus problemas acabaram! Abaixo confira como pronunciar certinho a nomenclatura das etiquetas mais hypadas do universo fashion

 

Alexander Wang – Alecsander Uéng

Balenciaga – Balenssiaga

Balmain – Balmá

Bottega Veneta – Botêga Vêneta

Bvlgari – Búlgari

Celine – Cêlín

Christian Louboutin – Cristian Lubutã

Comme des Garçons – Com Dê Gásson

Dolce & Gabbana – Doltchey end Gabana

Givenchy – Givonchí

Gucci – Gúti

Hermès – Erméz

Jacquemus – Jaquemus

Jean Paul Gaultier – Jon Pol Gotiê

Lanvin – Lanvã

Louis Vuitton – Lui Viton

Marchesa – Marquêsa

Moschino – Mosquino

Ralph Lauren – Ralf Loren

Tommy Hilfiger – Tomi Rilfiguer

Versace – Versatchê

Vetements – Vetmon

Yves Saint Laurent – Ivi Sã Lorrã