GPS Lifetime GPS Lifetime

#throwback: há um mês, o baile GPS GALA marcou Brasília

#throwback: há um mês, o baile GPS GALA marcou Brasília
collaborated Giulia Roriz
photo Bruno Cavalcanti/ Bruno Pimentel/ Hélio Perfeito/ Luara Baggi/ Lincoln Iff

Relembre o baile beneficente que marcou a noite brasiliense em dezembro de 2018

 

Há exatamente um mês, o primeiro GPS GALA parou a cidade. Organizado pela GPS|Foundation, braço social social do GPS Media Group, o evento realizado no Salão de Eventos do Complexo Brasil 21 entrou para o hall de grandes festas da capital federal.

A noite foi marcada pelo cunho social: todos os lucros (da venda de ingressos aos itens arrematados no leilão) foram destinados à Casa do Candango, primeira creche do Distrito Federal. Foi, de fato, "uma noite para transformar vidas", lema que acompanhou a festividade desde a sua concepção.

Os 650 convidados exclusivos desfrutaram de uma ocasião ímpar. O requinte marcou o GALA desde a majestosa entrada aos detalhes da belíssima decoração assinada por Valéria Leão. Ao entrar no salão, com arranjos florais por Joel Matsuoka e Clarice Mukai, não faltaram elogios ao mood.

Na entrada, os lustres majestosos da Baccarat Brasil foram parada obrigatória para quem chegava. O hall foi o palco das fotos e vídeos que encantaram os brasilienses.

Memorável, a solenidade capitaneada por Paula Santana, Vivianne Leão Piquet, Rafael Badra e Eduardo Lira, idealizadores da fundação, contou com a presença de nomes de peso. No RP montado por Beto Pacheco estavam Guilherme Siqueira, Fernanda Motta, Marina Moschen, Marina Morena, Renata Kuerten, Preta Gil e Isabella Santoni.

A música envolvente tomou conta do local. Logo na recepção, hits nacionais e internacionais - na voz de Groove a Rigor - iniciaram a festança com pé direito. Comandando as picapes, o DJ Sony embalou os comensais com o melhor da música eletrônica da cidade.

Taças cheias e brindes invadiram o local antes e durante a cerimônia - que, apesar do tom de seriedade da causa filantrópica, não deixou de receber risadas e ser palco para a diversão dos presentes.

Para o jantar, assinado por Renata La Porta, opções de massa, carnes, peixes e sobremesas. Dentre os destaques, sticks de mandioca com manteiga trufada, salmão marinado com sauce mousseline e pepino e filé-mignon ao molho peruano com batata recheadas com funghi.

E, não por menos, a imprensa brasileira em peso noticiou os acontecimentos da noite. Globo, Vogue, Isto É, O dia, e os brasilienses Jornal de Brasília, Finíssimo, Estilozzo e Correio Brasiliense.

Com um gostinho de “quero mais”, o baile deixa a espera do próximo ainda mais querida. D'ici là!





Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo

Hora da gramática: saiba como pronunciar o nome de grifes de luxo
photo Reprodução

Às vezes, a nomenclatura das labels mais queridinhas do mundo da moda é um tanto complicada de falar

 

Algumas grifes são assunto garantido no papo entre amigas, porém nem sempre da forma correta. Os nomes de origem francesa, inglesa ou italiana ganharam versões abrasileiradas devido o nível de complicação da pronúncia.

Não gosta de se enrolar na hora de falar o nome da grife? Seus problemas acabaram! Abaixo confira como pronunciar certinho a nomenclatura das etiquetas mais hypadas do universo fashion

 

Alexander Wang – Alecsander Uéng

Balenciaga – Balenssiaga

Balmain – Balmá

Bottega Veneta – Botêga Vêneta

Bvlgari – Búlgari

Celine – Cêlín

Christian Louboutin – Cristian Lubutã

Comme des Garçons – Com Dê Gásson

Dolce & Gabbana – Doltchey end Gabana

Givenchy – Givonchí

Gucci – Gúti

Hermès – Erméz

Jacquemus – Jaquemus

Jean Paul Gaultier – Jon Pol Gotiê

Lanvin – Lanvã

Louis Vuitton – Lui Viton

Marchesa – Marquêsa

Moschino – Mosquino

Ralph Lauren – Ralf Loren

Tommy Hilfiger – Tomi Rilfiguer

Versace – Versatchê

Vetements – Vetmon

Yves Saint Laurent – Ivi Sã Lorrã