GPS Lifetime GPS Lifetime

No pódio: cervejas brasilienses batem recorde em premiação

No pódio: cervejas brasilienses batem recorde em premiação
collaborated Rebeca Oliveira
photo Cortesia

Dois rótulos brasilienses voltaram com medalhas do concurso do Festival Brasileiro da Cerveja, considerado maior evento do gênero na América Latina. É a maior representatividade desde que as brejas locais participam da premiação

 

Blumenau, em Santa Catarina, ganhou ares candangos no último fim de semana. A sexta edição do Campeonato Brasileiro de Cervejas, parte da programação do Festival Brasileiro da Cerveja, reconheceu e exaltou o  “tempero” dos maltes e lúpulos do quadradinho do Distrito Federal. Dois rótulos produzidos na cidade foram premiados com medalhas, fato que a torna a edição de 2018 a mais frutífera para produtores locais.

A Tamanduá Bandeira, uma brown ale produzida pela Cerrado Beer, ganhou medalha de bronze no estilo no qual foi produzida. Mesma posição projetada para a Saison Cagaita, da cervejaria Quatro Poderes, eleita a terceira melhor brazilian beer com frutas do campeonato nacional.

Pode parecer pouco, mas a vitória consolida a produção de rótulos genuinamente candangos e tira do amadorismo a forma como o país ainda pode ver a cena da capital. Para Denilson Postai, um dos fundadores da Cerrado Beer, a premiação consolida um cenário que ganha fôlego ano a ano.  

“Essa premiação coloca definitivamente o DF como destaque no movimento cervejeiro artesanal brasileiro. Por exemplo: em números absolutos, com as premiações comparadas ao número de amostras enviadas, Brasília ficou em segundo lugar no Concurso Brasileiro de cervejas em Blumenau”, calcula o entusiasta deste mercado, que começou produzindo breja em casa, como muitos dos empresários que hoje investem no setor.

Denilson Postai, da Cerrado Beer, começou fazendo cerveja para amigos em casa. Hoje, teve um rótulo reconhecido nacionalmente

 

Na visão do produtor, as cervejas do DF chegaram a este relevante patamar por conta de iniciativas como a criação de associação de produtores, que permitem o intercâmbio de ideias e a validação de ações. “A união e a troca de experiências e conhecimentos é comum na turma cervejeira do quadrado. A fundação da Abracerva-DF, filhote da Abracerva Nacional, também com sede fixa aqui, configuram um passo fundamental para a evolução e expansão do setor”, pondera.

A máxima é verdadeira. O GPS|Lifetime participou da inauguração da Hop Capital Beer, uma das maiores fábricas do Centro-Oeste (leia mais sobre clicando neste link https://goo.gl/qTRwez), e encontrou diversos cervejeiros ou nomes à frente de outras cervejarias prestigiando o espaço de Paulo César Gomes e Gil Guimarães.

Engana-se quem pensa que a boa repercussão encerra e dá por concluído os planos de rótulos como a Cerrado Beer. O objetivo, agora, é não apenas repetir o feito no ano que vem, mas superá-lo. Muito tem sido feito. Denilson, para exemplificar, já está trabalhando em uma cerveja com café de Antonello Monardo, um dos mais respeitados especialistas no grão da cidade - breja que nem foi lançada, mas já entra na wishlist de quem preza por sabores regionais. Vida longa!

 

Saiba mais

Com recorde de cervejas inscritas (um aumento de 40% se comparado ao ano passado), o Concurso Brasileiro de Cervejas é o segundo maior do mundo em número de rótulos. O primeiro lugar geral ficou com  a Dark Sour, da Cervejaria Dádiva (de SP), um Flanders Oud Brium. O segundo lugar foi para a Lohn Carvoeira Pimenta, de Santa Catarina, uma russian imperial stout adicionada de pimenta.

 


Romaria: maior festa religiosa de Goiás movimenta a cidade de Trindade

Romaria: maior festa religiosa de Goiás movimenta a cidade de Trindade

A Romaria do Divino Pai Eterno 2018 começou nesta sexta-feira, 22, em Trindade. Condierado o maior evento religioso do Centro-Oeste e o segundo maior do país, a festa dura dez dias e promete arrastar mais de 2,5 milhões de pessoas de todos os cantos do país para a cidade. O tema da Romaria deste ano é Pai Eterno, somos Teus filhos. A extensa programação contará com 121 missas, 45 novenas, 27 orações do terço e 11 procissões, além de centenas de batizados e confissões, alvoradas e vigílias. Confira a programação completa:

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

5h – Alvorada festiva na Matriz e no Santuário Basílica
5h30 – Procissão da Penitência da Matriz ao Santuário Basílica

Matriz
Missas: 7h, 11h, 16h e 18h30
Oração do Terço: 13h
Novenas: 9h e 14h

Santuário Basílica
Missas: 6h, 7h, 10h, 12h, 17h30 e 22h
Oração do Terço: 14h e 19h
Novenas: 8h30 e 15h
Novena Solene: 20h

Confissões: Todos os dias, no Santuário Basílica e na Matriz, das 6h às 21h

Batizados: Todos os dias, no Salão Paroquial da Igreja Matriz, às 10h

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

Dia 23 de junho – Sábado
6h às 0h – 15ª Romaria Arquidiocesana – Bênção no Trevo de Goiânia (Participação dos Vicariatos na Novena Solene)
16h – Saída da 3ª Romaria da Juventude Redentorista – Trevo de Goiânia

Dia 24 de junho – Domingo
5h – Saída da 12ª Romaria Franciscana – Trevo de Goiânia
10h – Missa da 12ª Romaria Franciscana – Santuário Basílica

Dia 26 de junho – Terça-feira
18h – Saída da 1º Romaria Motociclística – Portal da Fé
19h – Bênção dos motociclistas – Santuário Basílica

Dia 28 de junho – Quinta-feira
5h – Saída da 5ª Romaria da Solidariedade – Trevo de Goiânia
9h – Romaria dos Carros de Boi com bênção para os Carreiros – Praça da Matriz
17h30 – Missa das Obras Sociais Redentoristas – Santuário Basílica

Dia 29 de junho – Sexta-feira
9h – Desfile dos Cavaleiros e Muladeiros – Praça da Matriz
17h30 – Missa com os Cavaleiros e Muladeiros – Santuário Basílica
20h – Novena Solene com participação dos internos da Vila São Cottolengo

Dia 30 de junho – Sábado
12h – Missa com os Foliões – Santuário Basílica
14h – Encontro dos Carreiros – Salão Paroquial da Igreja Matriz
17h30 – Missa com os Carreiros – Praça do Santuário Basílica

Missas na Madrugada:
23, 24, 29 e 30 de junho e 1º de julho
Santuário Basílica: 0h, 2h e 4h
Obs: No dia 1º não haverá Missa às 4h

DIA DA FESTA

1º DE JULHO – DOMINGO
4h – Alvorada festiva com fogos e sinos
4h45 – Procissão da Penitência
5h45 – Santa Missa na Praça do Santuário Basílica
8h – Missa Solene da Festa (Lançamento Oficial do livro – Pélagio Sauter – O Apóstolo de Goiás, autor: Pe. Clóvis Bovo)
17h – Procissão Luminosa e Celebração de Encerramento, saindo da Matriz até a Praça do Santuário Basílica (Levar velas)

Missas deste dia:
Matriz: 11h, 12h30 e 14h
Santuário Basílica: 10h30, 12h, 13h30 e 15h

2 DE JULHO – Segunda-feira
5h – Toque de despertar
Missas no Santuário Basílica: 5h30, 7h, 10h e 19h30
Missas na Matriz: 7h, 9h e 19h