GPS Lifetime GPS Lifetime

Fresh From Brazil: Designers brasilienses são destaque em feira em Nova York

Fresh From Brazil: Designers brasilienses são destaque em feira em Nova York
collaborated Redação
photo Reprodução

Os traços de Brasília extrapolaram as fronteiras do quadrado no meio do Cerrado e conquistaram a Big Apple.  Na sexta-feira, 18, começa a 8ª edição do Fresh From Brasil. Organizado pela Associação Objeto Brasil, o evento integra a Wanted Design - feira de design nova-iorquino - e, este ano, volta seu foco para o design brasiliense e toda a sua criatividade. São 12 talentos da capital federal nos seguintes campos: mobiliário, objetos para a casa, joias e grafite.  

Homenagear a cidade de JK foi uma escolha da curadora e idealizadora do evento, Joice Joppert Leal, porque Brasília é Patrimônio Imaterial da UNESCO e também foi incluída recentemente na Rede de Cidades Criativas e do Design da organização da ONU. Ainda segundo Joice, os produtos são inusitados e têm, em sua concepção criativa, a paisagem da capital federal. Dessa forma, existe um fio condutor que une todos os itens em exibição.

A Fresh From Brazil tem patrocínio da Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer do Distrito Federal, da Apex-Brasil e do Consulado do Brasil em Nova York. A exposição, que ocupa cerca de 50 m² dentro da Wanted Design, fica em cartaz até dia 22 de maio.

Conheça os designers participantes:

Mobiliário

Aciole Félix
https://www.instagram.com/aciolefelix/

STUDIO MARÉ
André Leal e Guilherme Albuquerque
https://www.instagram.com/mare.studio/

Estúdio Danilo Vale
https://www.instagram.com/danilovale/ 

Colina Design
Marcelo Coelho
https://www.instagram.com/colina.design/ 

Rafaela Gravia Design
https://www.instagram.com/rafaelagraviadesign/

Objetos para casa 

Ateliê Monolito
Renata Brazil
https://www.instagram.com/ateliemonolito/ 

Toninho Euzebio
https://www.instagram.com/teuzebio/

Acessórios de moda

Lago Couture
Luis Antonio Gomes
https://www.instagram.com/lagocouture/ 

Joias

Joana Prudente
https://www.instagram.com/joanavpjoias/

Nazareth Pinheiro
https://www.instagram.com/arquiteta_nazarethpinheiro/ 

Thais Fread
https://www.instagram.com/thaisfread/ 

Grafite

Thales Alvarez / Pomb
https://www.instagram.com/pomb_/

 
Sobre o Fresh From Brazil:


O projeto tem como objetivo promover o design brasileiro e acontece simultaneamente a um dos maiores eventos mundiais do setor: a New York Design Week. O espaço se consolida como uma plataforma de divulgação do produto brasileiro com foco na geração de negócios e na promoção da marca Brasil, do relacionamento institucional e da troca de experiências.

 


João de Deus recorrerá ao STJ para tentar prisão domiciliar

João de Deus recorrerá ao STJ para tentar prisão domiciliar
collaborated Agência Brasil

A defesa quer tentar reverter a prisão do médium

 

A defesa do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, de 76 anos, preso há quatro dias, recorrerá nesta quarta-feira, 19, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter a prisão preventiva em prisão domiciliar com tornozeleira. O recurso ocorre após a Justiça de Goiás negar o habeas corpus impetrado pelos advogados.

"Apenas a liminar foi apreciada e negada. O julgamento final do habeas [corpus] deverá se dar após o recesso. Discordamos da decisão e vamos recorrer ao STJ", afirmou o advogado Alberto Toron, em nota à imprensa.

Segundo o advogado, é preciso levar em conta a idade avançada e o estado de saúde do médium. Também deve ser considerado, de acordo com a defesa, o fato de o médium ter se apresentado espontaneamente à polícia e prestado esclarecimentos.

Pelo terceiro dia consecutivo, João de Deus passou a noite em uma cela de 16 metros quadrados com pia e vaso sanitário, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.




Denúncias

O pedido de prisão preventiva foi decretado com base em 15 denúncias já formalizadas em Goiânia, todas por crimes sexuais. Desde a semana passada, a força-tarefa do Ministério Público de Goiás recebeu 506 relatos de crimes sexuais atribuídos ao médium.

Para o promotor Luciano Miranda, que integra a força-tarefa que investiga as acusações, o médium é suspeito da prática de pelo menos três crimes: estupro de vulnerável, estupro e violação sexual.

Ontem, 18, policiais federais, que fazem parte do grupo de força-tarefa, cumpriram mandados de busca e apreensão na Casa Dom Inácio Loyola, onde João de Deus fazia os atendimentos espiritualistas. Eles revistaram as partes internas, administrativa e os locais de oração.

Os policiais deixaram o centro espiritualista com documentos. Eles também foram a uma residência, apontada como propriedade do médium, onde recolheram armas e dinheiro, segundo informações preliminares.

Detalhes

A TV Anhaguera, de Goiânia, teve acesso ao pedido da Justiça de prisão preventiva com base nas investigações policiais. O texto menciona que o médium “se aproveitava” de “mulheres fragilizadas” e que em alguns casos houve “penetração”.

Também cita João de Deus com um  “comportamento padronizado” nas agressões sexuais e que ele criava uma “atmosfera intimidatória” para abusar das vítimas.