GPS Lifetime GPS Lifetime

Ah, esse ritmo chamado amor que imprime o toque da vida

Ah, esse ritmo chamado amor que imprime o toque da vida

O homem frágil já viu as harmonias e desarmonias do amor e nunca conseguiu entender quando e por que ocorre o primeiro passo em falso



Há um metrônomo invisível que faz dois corações baterem em sincronia. O amor, antes de tudo, mais que tudo, sobretudo, é um ritmo.

Um ritmo misterioso que faz duas almas planarem na mesma cadência, que faz duas vidas caminharem no mesmo andamento, que faz dois corpos arderem no mesmo compasso. Ah, esse ritmo chamado amor, que imprime o toque de nossas vidas...

Hoje, sempre e cada vez mais, os amores estão mais pulsantes, pois nunca foi possível se embalar tanto em tantas toadas, em tantos padrões rítmicos e em tantos estilos como agora, quando a liberdade é a dona da festa e a pista está liberada.

O mundo virou um grande salão onde todas as baladas do amor são permitidas e onde todos podem ser exímios bailarinos das emoções.
 




O amor mais sublime é um balé da mais perfeita harmonia, leveza e simetria, em que os amantes deslizam no palco fazendo acrobacias com tal fluidez que parece simples enquanto rodopiam um em torno do outro com as sapatilhas da paixão na ponta dos pés.

Ah, como parece fácil essa conexão e essa interação absoluta e como é surpreendente o quanto ela é ao mesmo tempo fugaz e desaparece de repente e se transforma em descompasso.

O homem frágil já viu as harmonias e desarmonias do amor e nunca conseguiu entender quando e por que ocorre o primeiro passo em falso. É quando o amor se torna dissonante e corpos e almas que antes bailavam suavemente de súbito não conseguem mais ser um par. E a dança de repente desanda. E o que transbordava desaparece.

O ritmo, o ritmo. É a primeira perda dos amores que acabam, assim como é a primeira manifestação daqueles que surgem. Porque o amor é um ritmo até deixar de ser.


Novo amor: Brad Pitt está namorando Charlize Theron, diz jornal

Novo amor: Brad Pitt está namorando Charlize Theron, diz jornal
photo Reprodução

O affair teria começado no Natal

 

Casal perfeito? De acordo com o jornal inglês The Sun, Brad Pitt está namorando a atriz e ex-modelo sul-africana Charlize Theron. O periódico afirma que o relacionamento teve start no Natal, quando os pombinhos foram apresentados por Sean Penn, ex-marido da loira. 

“Eles estão se vendo casualmente há quase um mês. Eles eram amigos há um tempo, ironicamente apresentados por Sean Penn, e as coisas evoluíram”, declarou uma fonte ao jornal.

Se os boatos forem verdadeiros, esse é o primeiro relacionamento público de Pitt desde que ele se divorciou de Angelina Jolie, em setembro de 2016. Pitt e Jolie têm seis herdeiros juntos. Já Charlize tem dois filhos adotados.

Rixa

Angelina e Theron, inclusive, têm uma rixa de longa data. Segundo a imprensa, as duas atrizes não se suportam por questões profissionais. A história que rola solta em Hollywood é de que elas disputam os mesmos papéis há anos. 

Em 2017, por exemplo, Angelina teria sido convidada para fazer A Noiva de Frankenstein e Charlize ficou como a segunda opção, protagonizando o filme caso a morena declina-se. Nos bastidores dos estúdios, o burburinho era de que a ex de Brad Pitt não tinha interesse no longa, mas enrolou o máximo que pôde para dar sua resposta. Isso só para irritar Theron, que aguardava ansiosamente para saber se iria ou não ser chamada.

“O festival de ódio entre essas duas começou há muito tempo e não vai parar”, informou uma fonte ao site Radar. “É como se os diretores quisessem jogar uma contra a outra, balançando um roteiro para as duas e deixando-as a brigar por ele.” Bafão!